HOME | O QUE É? | MISSÃO | PROTETORES | CARACTERÍSTICAS | RESISTÊNCIA | BENEFÍCIOS | COMO ESCOLHER | FAQ | 27 PASSOS

REFLEXO CONDICIONADO | QUEIMADURAS | FOTOS | CUSTOS | ESTATÍSTICA | COMO OCORRE | NOTÍCIAS | DICAS | COMPRAR

REFLEXO CONDICIONADO

Quando o telefone toca, seu cérebro associa essa informação e você sabe que é para atender ao telefone. Isso faz parte do nosso programa mental.

O ser humano se condiciona mentalmente às coisas e, na maioria das vezes, tem dificuldade em mudar pensamentos, ações e aceitar novos produtos e serviços.

Por exemplo: Como as minas de carvão eram um lugar inóspito e inseguro, era fundamental que os mineiros se sentissem bem. Fizeram uma experiência com crianças e as levavam a um campo aberto e lhes davam choque. Após isso as levavam às minas e as tratavam bem. Com o tempo nessa repetição as crianças se condicionavam mentalmente à situação “mina-bem estar” e elas preferiam ficar nas minas.

Outro exemplo é o do cachorro de Pavlov que só ao ouvir um sino já salivava sabendo que teria comida.

Todos nós fomos criados em um ambiente onde cozinhar significava perigo, pois os fogões sempre foram feitos sem proteção. Alguns levaram sorte e nunca se queimaram, mas outros não. Condicionamo-nos a situação “cozinhar-perigo”, mas agora há o protetor. Se quisermos ter tranqüilidade em casa, é necessário mudar o condicionamento para “cozinhar-segurança”, ou seja, saber que há uma nova forma para cozinhar.

A vantagem nossas sobre os animais é que pensamos, logo mudamos nossos velhos paradigmas.

Há milhares de casos de crianças queimadas por ano, mas Proteque inova e afirma com certeza que a única solução realmente eficaz é a instalação do Proteque. Isso não quer dizer que você deva deixar a criança em frente ao fogão, mas uma forma a mais de garantir a segurança delas.